TRAGO-TE



Trago-te presente
Na tua ausência,
Trago os dias cheios de ti
Tenho nos meus olhos a tua imagem
sorvo as tuas palavras ausentes
Alimentas os meus sonhos
De ti…………
Não é saudade que sinto….
Não é por seres meu….
Não é por teres saído do meu ventre…
Não é por te ter pintado….
Nem tão pouco escrito….
O que sinto não tem nome….
Tenho-te e não te tenho….
Estás assim presente no sonho…
Nos meus sentidos acordados….
o que sinto….chama-se “filho”!!!!


27 de dezembro 2013
PABLO PICASSO

Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTO DE COMENTÁRIOS